2 de out de 2012

Veja quanto ganha alguns dos principais políticos do Brasil



Salve, salve, birosqueanos de plantão. A Lei de Acesso à Informação entrou em vigor em novembro de 2011 com o objetivo de tornar públicas os dados referentes ao Estado. Com a nova regra, basta visitar os portais da transparência, como o do Executivo Federal — http://www.portaldatransparencia.gov.br, para descobrir os salários dos políticos que nos comandam. 

Por exemplo, a presidente da República, Dilma Rousseff, ganha a mesma coisa que os ministros: R$ 26,7 mil brutos. O salário de Dilma ainda sofre um desconto de R$ 6.473, que vão para o Leão, e R$ 430 da previdência oficial. No fim das contas, o salário líquido da presidente é de R$ 19,8 mil.

Em julho, a remuneração básica bruta do ministro da Fazenda, Guido Mantega, foi de R$ 26,7 mil, mas, com as deduções de R$ 6.473 do IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte) e de R$ 430 da Previdência Oficial, o salário caiu para R$ 19,8 mil. Mantega, porém, também participa do Conselho de Administração da Petrobras e da Petrobras Distribuidora, o que rende mais R$ 16,4 mil para o ministro. No total, os vencimentos de Mantega chegam a R$ 36,2 mil.

Já o governador do Estado de São Paulo tem um salário bruto de R$ 18.725, mas depois dos descontos, Alckmin recebe pouco mais de R$ 14 mil. Os dados são do Portal da Transparência Estadual do Governo do Estado, cujo endereço é http://www.transparencia.sp.gov.br/busca-agentes.html. Gilberto Kassab, prefeito de São Paulo, tem salário de R$ 24,1 mil, segundo o Portal.

No Rio de Janeiro,  a remuneração do Prefeito Eduardo Paes é de R$13.964,94, sendo R$6.982,47 referentes ao cargo eletivo e mais R$ 6.982,47 de parcela indenizatória.

Tá impressionado é? Acabou não. O ex-presidente da República e agora senador Fernando Collor de Mello, assim como os outros parlamentares brasileiros, tem salário bruto de R$ 26,7 mil — o teto para deputados, senadores, deputados federais, ministros e presidente da República.

O Presidente do Senado Federal, José Sarney (PMDB), ganhou R$ 19,5 mil em setembro, de acordo com dados divulgados pela Casa na última segunda-feira (1º)

Todos os deputados federais têm remuneração bruta de R$ 26,7 mil, valor estabelecido em lei. Os parlamentares também têm direito a uma cota parlamentar, que é usada para pagar passagens aéreas, conta de telefone, serviços postais, manutenção de escritórios, comida, hospedagem, locação de avião, barcos e veículos, compra de combustível, entre outros.

E a farra continua. Assim como os outros deputados federais, Tiririca também ganha R$ 26,7 mil brutos e também tem direito à cota parlamentar, que varia de acordo com o Estado. Esse adicional vai de R$ 23 mil a R$ 34,2 mil. Essa variação ocorre por causa das passagens aéreas e está relacionada ao valor do trecho entre Brasília e o Estado que o deputado representa.

O mais impressionante é que todos esses políticos que aí estão são eleitos pelo povo. O brasileiro se acostumou a ser tratado como cabeça de gado. E depois querem culpar os políticos que eles mesmos elegeram. 

Mas temos um motivo de "orgulho" perante o mundo: Nossos políticos estão entre os mais bem remunerados do mundo. Muito mais que os dos países desenvolvidos. 

PS.: Os valores não estão inclusos a verba oriunda de caixa dois, propina, e todo tipo de corrupção que sabemos acontecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.