20 de mar de 2012

A Rapunzel existe, é carioca e quer vender o cabelo


Salve, salve, galera da birosca. Não é que ela existe... 

A carioca Natasha Moraes, de 12 anos, nunca cortou os cabelos desde que nasceu e virou notícia até na mídia internacional. O comprimento dos fios, que chega a 1,58 metro, está atrapalhando sua vida, por isso, ela pensa em cortá-los e vendê-los por aproximadamente 10 mil reais. As informações são do site britânico do Daily Mail.

Mesmo com o calor típico do Rio de Janeiro, a família de Natasha não pode sequer ter um ventilador em casa, porque os cabelos da menina poderiam enganchar no aparelho. Mergulhos, nem pensar: o sal do mar levaria horas para ser removido dos fios no banho. A pré-adolescente também não é capaz de praticar esportes, principalmente natação. Quando caminha, tem de erguer os cabelos, evitando que eles se arrastem pelas ruas. Sem contar os custos de manter o comprimento das madeixas: só computando os gastos com xampu, são mais de mil reais por ano. 

A mãe de Natasha, Catarina de Andrade, percebeu que a vida da menina está limitada por causa do tamanho do cabelo e aconselhou a garota a cortá-lo. Até a escola onde ela estuda já fez essa recomendação. Pelo jeito, em breve, ela não vai mais escutar as crianças na rua, gritando: “Jogue seus cabelos, Rapunzel!”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.